domingo, agosto 13, 2006

Ora... muito bem!

Quem não sabe o que são escuteiros (e não me venham com aquela coisa esquisita de que se escreve com "o")?
Segundo a página oficial "deles", algures naquela amalgama de palavras pomposas que engrandecem a "missão" pode ler-se o seguinte texto:

"Numa dimensão espiritual
Compromisso na procura de valores espirituais de vida para além do mundo material."

"Numa dimensão social
Participação no desenvolvimento social, respeitando a dignidade dos outros e a integridade do meio ambiente. Promoção da Paz, do entendimento e da cooperação ao nível local, nacional e internacional."

"Numa dimensão pessoal
Desenvolvimento de um sentido de responsabilidade pessoal, estimulando a vontade de se auto-exprimir de uma forma responsável."

É lindo, não é? Faz pensar que o mundo afinal ainda tem coisas boas, e faz querer que os nossos filhos (bem... quem os tem) sejam escuteiros para que cresçam como pessoas de bem... isto é... quase utópico... correcção! É utópico!
Da dimensão espiritual... que dizer? Isto deve ser relativo ao facto de fazerem "voluntariado" pago (e bem!) daí o desprendimento de tudo o que é material... não é?
Falemos da dimensão social... realmente... são respeitadores... mas tão respeitadores que nem acatam as ordens que lhe são dadas.
Já agora, falemos também da dimensão pessoal... falar arrogantemente faz parte da auto-expressão de forma responsável?

(claro que não se pode generalizar, mas francamente, os que se aproveitam são a excepção!)

9 Reparações:

Blogger Nomyia pensou e disse...

Discordo com a tua generalização. É escuteiro que se diz sim (vem de escuta)! Mas conheço uns poucos que são pessoas muito simpáticas, humildes e boas amigas. Têm umas meias giras é verdade, por vezes não posso deixar de brincar com isso. E mais, é estranho ver adultos ou quase naquelas fatiotas, mas se estão nessa vida há tanto tempo acredito que pelos menos alguns valores se tenham enraizado e que acreditem profundamente neles. No entanto, esta é apenas a minha experiência. Talvez conheça apenas excepções, mas é por elas que não posso concordar com essa generalização. *****

agosto 13, 2006 10:57 da tarde  
Blogger Mónica pensou e disse...

tás zangado? e mto radical!

fui 1 dia aos escuteiros, gozaram-me com o nome, parece que era o codigo de praxe de boas vindas...dahhh não gosto de andar em alcateia nem de ser avezinha :-)

agosto 13, 2006 11:23 da tarde  
Blogger fantasma pensou e disse...

Filh@ meu não é escuteiro!
E mais não digo!
:o)

agosto 14, 2006 2:46 da tarde  
Blogger Spitfire pensou e disse...

nomyia:
Daí eu ter posto lá um parêntesis, para as excepções ;)

mónica:
Quem se mete com os "meus"... mete-se comigo. Tenho péssimo feitio quando acusam alguém injustamente, em especial quando sei que essas pessoas são, no mínimo, correctas.

fantasma:
Ódio de estimação? ;)

agosto 14, 2006 5:20 da tarde  
Blogger ~*Vica*~ pensou e disse...

Dizem que um escoteiro é um menino vestido de idiota. E um chefe de escoteiros é um idiota vestido de menino.

agosto 15, 2006 2:38 da manhã  
Blogger DIV de divertida pensou e disse...

Existe escUteiro e escOteiro. A diferença está em que uns seguem a religião católica e os segundos não.
Eu gostava que a minha filha fosse escu(o)teira, pelas aprendizagens. É certo que mentes menos equilibradas há em todo o lado, por isso não podemos generalizar.

agosto 15, 2006 9:27 da tarde  
Anonymous numiko pensou e disse...

Bem..eu sou escuteiro e sinceramente nao sei qual o problema de andarmos fardados correctamente..nunca vi ninguém gozar com as fardas do exército nem da marinha , bombeiros ou da policia..apesar de usar essas roupas ao fim-de-semana nao quer dizer que a vista durante a semana toda..as pessoas tem ideias erradas dos escuteiros..nós nao somos putos k se vestem como sofás e ajudámos velhotas a atravessar a rua..nós somos jovens k nos queremos divertir e para isso acampámos e convivemos..coisa que acho que estás a percisar ;) Mónica , desculpa lá..mas quando entras-te para a escola..na secundária ou assim nunca te gozaram?são coisas normais...bem , Spitfire antes de fazeres esse tipo de comentários pesquisa mais um pouco..p.s-Eu sou escuteiro..escoteiros..nao sei o que sao nem nunca ouvi falar..continua o bom trabalho no blog..:D

agosto 19, 2006 12:40 da tarde  
Blogger Spitfire pensou e disse...

numiko:
É sempre bom ter a opinião sobre alguém do "outro lado"... é salutar. Mas olha que, tanto quanto sei, o corpo de escOteiros é anterior ao dos escUteiros e existem ambos tal como a divertida referiu, e não é só uma questão de dicionário (ambas as definições são aplicáveis ao suposto perfil "deles"). Achas que eu vinha para aqui mandar "postas de pescada" se não tivesse feito os trabalhos de casa?
Volta sempre, e obrigado pela visita e pelo comentário.

agosto 19, 2006 1:46 da tarde  
Blogger Maria Manuel pensou e disse...

Ainda tentei "abordar a questão" cá para o junior da casa (pelas saídas e aprendizagens de campo, conservação da natureza, vida ao ar livre)... MAS o aparato religioso manteve-me à distância.

agosto 23, 2006 9:48 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home