sábado, dezembro 17, 2005

A figura vermelha do natal.

Esta coisa do Natal, está muito diferente hoje em dia. Quando era garoto, não havia "luzes de natal" onde moro (o local mais próximo onde havia luzes de natal era na baixa pombalina), não havia enchentes nos centros comerciais (porque simplesmente não existiam), não havia trânsito por todo o lado (só quem trabalhava é que tinha carro... e mesmo assim, era difícil), não havia esta injecção de publicidade em todos os meios de comunicação em geral e na televisão em particular (o "senhor dos anéis" hoje deve ter tido à vontade o dobro da duração) e, entre tantas outras coisas, havia Pai Natal...
Sinto falta do ambiente de outros tempos... excepção feita ao Pai Natal. Acho que o "velho barbudo" foi a única coisa que mudou para melhor!
Senão veja-se o exemplo:
Exactamente! Uma "Mãe Natal", é a evolução mais que correcta e lógica (e perfeita, diga-se) dum conceito que já revelava o peso das barbas...errrr... anos. Sem barba, sem a forma redonda, sem tudo o que é supérfluo, só e exclusivamente a cor vermelha e o gorro...
Bom... também com o tempo frio que tem estado nos últimos dias... talvez um pouco mais de tecido não fizesse mal à Mãe Natal... também não quero que ela apanhe uma gripe e fique incapacitada de fazer o seu trabalho na noite de 24 deste mês!

2 Reparações:

Blogger sem cantigas pensou e disse...

estas são as tais fotografias que te chegam por mail enviados por amigos carentes???
mmm foleiras!

março 12, 2006 10:37 da tarde  
Blogger Spitfire pensou e disse...

Estas mesmo assim são as melhorzinhas que por vão aterrando via mail... costumam ser bem piores... muito piores mesmo!

março 13, 2006 1:01 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home